Notícias

Caderno Sisterhood prorroga o prazo para submissão de trabalhos para o Dossiê Justiça Reprodutiva

A Justiça Reprodutiva emerge das experiências de mulheres negras que vivenciam um conjunto complexo de opressões e hierarquias reprodutivas. Baseia-se no entendimento de que os impactos das opressões de raça, classe, gênero e de orientação sexual não são aditivos, mas integrativos, produzindo esse paradigma de interseccionalidade. A justiça reprodutiva não é sinônimo de direitos reprodutivos ou escolha reprodutiva. Os destaques da estrutura como múltiplas identidades ou fatores – como raça, renda, orientação sexual, gênero, identidade de gênero, status de imigração, capacidade e geografia – afetam a capacidade de uma pessoa moldar sua vida reprodutiva. O conceito se apresenta como uma potência para a discussão do viés racial nas iniquidades em saúde e convocam diferentes atores políticos para a discussão sobre a centralidade do enfrentamento ao racismo como condição necessária para ampliar as possibilidades reais de autonomia na decisão das trajetórias reprodutivas de mulheres, adolescentes e jovens.

Entendendo a emergência de refletir e debater sobre o tema no Brasil, o Caderno Sisterhood, publicação acadêmica vinculada ao Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero, Raça e Saúde (NEGRAS/UFRB), em parceria com o Blog População Negra e Saúde, Ong Criola e Niketche (Transformando Realidade) abre a chamada para submissão de trabalhos para o Dossiê Justiça Reprodutiva. As categorias disponíveis para submissão são artigo acadêmico, resenha, relato de experiência e produção artística (fotografia, poesia, história em quadrinhos, gravura, etc.). As propostas devem ser enviadas para o e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. , O prazo foi prorrogado até 06 de março de 2020.

As orientações normas para submissão devem ser verificadas no https://www2.ufrb.edu.br/cadernosisterhood/normas-de-publicacao O Caderno Sisterhood é um periódico digital de âmbito nacional e publicação semestral.

 

 

Caderno Sisterhood prorroga prazo para submissão de trabalhos até 05 de novembro

O prazo de submissão para a chamada de trabalhos da 3º edição do Caderno Sisterhood do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Gênero, Raça e Saúde (NEGRAS) foi prorrogado até 05 de novembro. As categorias disponíveis são artigo acadêmico, resenha, relato de experiência e produção artística (fotografia, poesia, história em quadrinhos, gravura, etc.). As propostas devem ser enviadas para o email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

O Caderno Sisterhood é um periódico digital de âmbito nacional e publicação semestral. Essa edição traz como temática: “Genocídio negro: impactos na saúde das mulheres, juventude, comunidades tradicionais e comunidade LGBT”.  A temática pretende estimular a discussão e a socialização da história passada e presente de extermínio da população negra no Brasil.

As produções textuais devem estar em fonte Times New Roman, tamanho 12 e espaçamento 1,5 entre linhas. Título em português, centralizado, em negrito, tamanho 14 e com espaçamento 1,5. Nome(s) do(s) autor(es): alinhado(s) na margem esquerda abaixo do título, tamanho 12. Abaixo do(s) nome(s) especificar: titulação máxima, filiação institucional e endereço eletrônico.

Os artigos acadêmicos devem ter entre 12 e 20 laudas e conter resumo em parágrafo único, com espaçamento simples seguido de até 04 palavras-chave (separadas por um ponto). Não será exigido mínimo de laudas para as demais produções textuais.

Sobre o NEGRAS - é um grupo de estudo e pesquisa de natureza interdisciplinar que se propõe a discutir o processo saúde-adoecimento-cuidado, nas perspectivas de gênero e de raça. Como um de seus produtos, o Caderno Sisterhood tem o compromisso de incentivar e divulgar artigos científicos, resenhas, relatos de experiências, entrevistas e outras modalidades de produção que tenham como escopo a saúde da população negra e suas interfaces.

Confira a 2ª edição do Caderno Sisterhood.

Mais informações: www.ufrb.edu.br/negrasccs.