Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
item->attribs); $video = $attributes->video; ?>

Prof.ª Dr.ª Tatiana Rodrigues Lima

Graduação: Graduada em Comunicação pela Universidade Federal da Bahia (1990).

Pós-Graduação

  • Doutorado em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (2013).
  • Mestrado em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (2007).
  • Especialização em Gestão da Informação para Multimeios pela Faculdade de Tecnologia e Ciências, FTC/BA (2004).

Projeto(s) de Pesquisa:

  • Tecnologias, linguagens e cultura: diálogos interdisciplinares em fluxos e tensionamentos (2017 – Atual).
  • Descrição: Diante da grande diversidade de expressões culturais, constituídas por linguagens, tecnologias e formas artísticas variadas, distintos ambientes, práticas de aprendizagem, saberes e fazeres podem dialogar com o conhecimento formal e também questioná-lo, suscitando possibilidades e desafios aos limites interpretativos. Ante a complexidade, dada pela multidimensionalidade e multiescalaridade dos fatos atuais, o estudo das ambiências culturais e tecnológicas requer o olhar interdisciplinar e dialógico, bem como o enfrentamento de tensões teórico-conceituais e metodológicas, entre as distintas áreas de conhecimento. Nesse sentido, essa pesquisa pressupõe a interdisciplinaridade como indispensável ao estudo da Cultura em suas distintas formas e expressões, caracterizando a produção de conhecimento a que se propõe o Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Cultura, Linguagens e Tecnologias. Em conformidade com essa perspectiva, sabe-se que essa atuação interdisciplinar não é dada a priori, mas por um processo de enfrentamento e conquista, a ser empreendido por uma equipe heterogênea de pesquisadores em meio a um contínuo debate epistemológico. Nesse contexto e partindo de tais pressupostos, essa pesquisa objetiva estudar as formas expressivas das cosmologias e devires do fazer da Cultura, em seus fluxos e tensionamentos, bem como em suas espacialidades, temporalidades, trânsitos e sociabilidades. Para tanto, são definidas as seguintes questões: a) De que maneira diferentes tecnologias constroem e transformam espacialidades, temporalidades, trânsitos e sociabilidades do fazer da Cultura?; 2) Como se dão os fluxos e tensionamentos das cosmologias e devires do fazer da Cultura? Entende-se que o estudo de culturas, de saberes e fazeres culturais em seus devires, requer a compreensão das tecnologias produzidas e das linguagens expressas por diferentes coletividades, em distintas espacialidades e temporalidades. As tecnologias são entendidas aqui pelas ambiências que produzem, e as linguagens, por suas múltiplas formas e expressões. Para alcançar o objetivo, responder às questões norteadoras e assegurar uma atuação necessariamente interdisciplinar definem-se nesse projeto de pesquisa as seguintes estratégicas metodológicas: a) seminário expositivo e avaliativo por questão norteadora com a participação de todos os pesquisadores; b) multiplicidade metodológica.
  • Música Popular Urbana e Mediações Culturais (2015 - Atual).
  • Descrição:  Investigação sobre a relação entre a música popular urbana e as mediações culturais contemporâneas, considerando o atual contexto de conexão digital entre a produção, a circulação e a recepção/consumo dos produtos culturais. Envolve pesquisa fundamental acerca da teoria das mediações comunicativas da cultura e das definições de música popular urbana / música popular massiva / música pop; pesquisa aplicada empregando os operadores propostos no Mapa das Mediações (MARTÍN-BARBERO, 2003, p.16) para análise da cultura musical; pesquisa de campo sobre expressões da música urbana privilegiando a cidade de Santo Amaro e outras localidades do Recôncavo Baiano.

 

  • Atualmente é Gestora de Ensino no Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas - CECULT.

Acesso ao Currículo Lattes.

Fim do conteúdo da página