Portal do Governo Brasileiro

Pesquisar o trabalho, revelando mudanças no capitalismo que acabam por produzir novas formas de (re)produção do capital. Recriam-se atividades pretéritas, a exemplo do trabalho informal, surgem novas formas de exploração, a feminização, o trabalho precário, terceirizado, na combinação de mais-valia relativa e absoluta. Tem-se também o trabalho imaterial, bem como formas históricas de enfrentamento dos trabalhadores. Por fim, ressalta-se a necessidade do uso de conceitos da tradição marxista.

Objetiva o estudo da cultura e do sistema midiático como locus de mediação cotidiana do processo hegemônico e contra-hegemônico. Destaca a legitimidade política e social, também, como construção, produção e reprodução simbólica da mídia, enquanto agente político. Investiga o caráter contra-hegemônico da mídia alternativa, assim como a hegemonia alternativa, da comunicação comunitária e popular.

O objetivo desta linha de pesquisa é investigar a produção de um pensamento marxista original e autônomo na América Latina. Com especial ênfase, o marxismo produzido nesse contexto histórico-continental específico será compreendido tendo como referência empírica a existência de partidos políticos, movimentos sociais e intelectuais, de orientação marxista nos países latino-americanos.