Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Projetos de pesquisa dos docentes

Nome do Projeto

Coordenador@

Breve descrição do Projeto

No silêncio, sentido(s): língua, sujeito e discurso 

Adielson Ramos de Cristo

O projeto de pesquisa “No silêncio, sentido(s): língua, sujeito e discurso” está vinculado ao DisSocie – Laboratório de Estudos sobre o Discurso e a Sociedade, grupo de pesquisa cadastrado no CNPq e em funcionamento no âmbito do Centro de Formação de Professores da UFRB. A pesquisa, que tem como arcabouço teórico a Análise de Discurso (AD) ligada aos pressupostos do filósofo francês Michel Pêcheux, propõe um estudo dos discursos sobre a língua de sinais, o surdo e a surdez com vistas à análise das políticas linguísticas do Brasil sobre a questão. O trabalho objetiva também a montagem de um arquivo temático a partir do qual se dará análise tanto de documentos oficiais como de documentos históricos e contemporâneos de natureza material diversa (textos variados: leis, decretos, declarações, vídeos, filmes, biografias, relatórios etc.) sobre a temática de investigação. Além disso, objetiva-se ainda a proposição de acordos técnicos de cooperação entre o DisSocie e o Instituto Nacional de Educação dos Surdos (INES) e entre o DisSocie e a Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (FENEIS). Acredita-se que tal pesquisa possibilitará uma melhor compreensão dos discursos sobre a surdez, bem como produzirá material teórico e analítico que colaborem para a compreensão e reflexão das políticas nacionais para educação dos surdos bem como das políticas linguísticas associadas à Língua Brasileira de Sinais. Ademais, a proposta constitui em uma oportunidade de adesão a pesquisas em AD e aos estudos sobre a surdez e a língua brasileira de sinais para os estudantes e professores do curso de Licenciatura em Letras com habilitação em Língua Portuguesa e Libras do Centro de Formação de Professores da UFRB.

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Práticas de linguagem e ensino de língua portuguesa na Educação Básica 

Adriana Dalla Vecchia

Este projeto faz parte das atividades do Grupo de Pesquisa Língua(gem), Letramentos, Diversidade e Formação docente, coordenado pela Professora Doutora Adriana Dalla Vecchia e vice coordenado pela Professora Doutora Jakeline Semechechem, e enfoca as práticas de linguagem e o ensino de língua portuguesa na Educação Básica, com o objetivo de investigar o processo de ensino e aprendizagem de oralidade, leitura/escuta, produção escrita e multissemiótica, análise linguística/semiótica na Educação Básica. É uma discussão situada no campo epistemológico da Linguística Aplicada, metodologicamente caracterizado como de natureza qualitativo-interpretativista, lançando possibilidade de estudos bibliográficos, documentais e etnográficos, a depender do objetivo específico de cada membro da equipe de pesquisa. A proposta terá vigência de objetivo específico de cada membro da equipe de pesquisa. A proposta terá vigência dedois anos e já conta com três estudantes do curso de Letras Língua Portuguesa/Libras/Língua Inglesa que investigam a temática.

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Projeto Atlas Linguístico do Brasil: variação fonético-fonológica na região nordeste (etapa I)

Amanda dos Reis Silva

O Projeto Atlas Linguístico do Brasil (Projeto ALiB) é uma iniciativa de caráter interinstitucional, que visa à descrição da diversidade do português falado no Brasil, nos diferentes níveis de análise da língua. Nesse sentido, parte da documentação da fala de indivíduos nativos de 250 localidades brasileiras, distribuídas em todo o território nacional. Desenvolve-se desde 1996, sob a liderança de um Comitê Nacional, composto, hoje, por pesquisadores de onze universidades públicas brasileiras. O recorte estabelecido na UFRB toma o corpus constituído pelo Projeto ALiB para a investigação de aspectos fonético-fonológicos em variação no Português Brasileiro (PB). Unem-se para a execução deste projeto, as perspectivas da Dialetologia, da Sociolinguística Variacionista e, também, dos estudos em Fonética Acústica e Fonologia Autossegmental.

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Mapeamento dialetal do território de identidade do Vale do Jiquiriçá: constituição de corpus e análises preliminares

Amanda dos Reis Silva

Este projeto é uma proposta de mapeamento dialetal do território de identidade do Vale do Jiquiriçá, no que tange à língua portuguesa. Parte das premissas da Dialetologia, disciplina que se volta à diversidade de usos linguísticos em perspectiva diatópica / geográfica, e da Sociolinguística Variacionista, que preconiza a análise da variação e da mudança linguísticas em correlação com aspectos internos e externos à estrutura linguística. Entende-se que o estado da Bahia guarda em sua história a memória dos diferentes estágios pelos quais passou o português em território brasileiro. A mais antiga unidade federativa do Brasil serviu de primeiro espaço para as tensões sociolinguísticas que delinearam o panorama atual do Português Brasileiro. O território de identidade – tido como unidade geográfica, social, econômica e cultural – do Vale do Jiquiriçá está localizado no centro-sul baiano e é composto administrativamente por vinte municípios. No âmbito deste projeto, pretende-se a realização de inquéritos linguísticos in loco, a serem aplicados a sujeitos socialmente estratificados quanto ao sexo e à faixa etária, em cinco desses municípios: Amargosa, Jiquiriçá, Maracás e Ubaíra. Para tanto, partirá de questionários semiestruturados e, também, da gravação de diálogos entre informante e documentadores. Prevê-se, então, que esta iniciativa contemple etapas de recolha, catalogação e análise de dados de fala. Entende-se que este projeto contribuirá no sentido do conhecimento mais amplo do português popular do estado da Bahia, tarefa que vem sendo cumprida pela Dialetologia no Brasil, desde os momentos iniciais.

 

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Pedagogia translíngue e o ensino de língua inglesa: identidades e práticas comunicativas em espaços mediados pela tecnologia digital

Diogo Oliveira do Espírito Santo

 O projeto tem como objetivo investigar as práticas de ensino de professore(a)s de língua inglesa em espaços mediados pela tecnologia digital e propor ações pedagógicas mais sensíveis tanto à diversidade linguístico-semiótica que caracteriza os processos de ensino e aprendizagem remotos, quanto às identidades desse(a)s profissionais. Trata-se de uma pesquisa de cunho etnográfico centrado no discurso online, cujos dados serão gerados a partir da condução de entrevistas, aplicação de questionários e observação de aulas de professore(a)s que atuam com diferentes públicos a partir de plataformas digitais de ensino. Para alcançar os objetivos, o desenvolvimento do projeto será orientado pela discussão dos construtos da translinguagem, da noção de identidade como prática discursiva, linguagem online e pelos pressupostos da pedagogia translíngue. Espera-se, com isso, discutir não só os impactos da tecnologia digital no modo como se ensina inglês contemporaneamente, mas também desenvolver práticas que respondam aos desafios impostos pela realidade superdiversa que constitui e é constituída pelas mais diversas formas de se construir sentido através da linguagem.
Palavras-chave: Língua inglesa; Tecnologia digital; Pedagogia translíngue.

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

PROJETO VARIA

Variação e Ensino de gramática na Bahia: Estudos sobre fenômenos morfossintáticos no dialeto baiano e o tratamento da variação linguística na educação básica (Fase 1)

Isis Juliana Figueiredo de Barros

Visando contribuir com a importante implementação das diretrizes contidas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a qual orienta que o ensino de português deva considerar como uma das práticas de linguagem o ensino de variação e análise linguística de maneira contextualizada, é fundamental a execução de estudos sobre a variação e o ensino de gramática que possam contribuir para eficácia das práticas pedagógicas cotidianas dos professores de língua portuguesa no Estado da Bahia. Diante disso, e tendo por base teórico-metodológica os pressupostos labovianos e também nos estudos sobre o ensino de variação, o projeto apresenta como objetivos gerais: 1) contribuir com os estudos de amostra de fala vernacular de comunidades do estado da Bahia, a partir de diferentes estudos sobre os corpora linguísticos, por meio de descrição e análise de fenômenos morfossintáticos; e 2) desenvolver sugestões pedagógicas acerca de práticas de ensino de gramática para professores de Língua portuguesa da educação básica na Bahia, com base em um estudo qualitativo sobre as crenças e atitudes de professores da educação básica atuantes na Bahia, e também a partir da reflexão sobre fenômenos morfossintáticos variáveis caracterizadores do dialeto baiano. Com os resultados da pesquisa, espera-se contribuir para o ensino de português na Bahia e para a formação continuada dos professores da educação básica, por meio de sugestões didáticas resultantes das reflexões ao longo dos estudos.

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

Gêneros textuais e ciberjornalismo: estudo dos mecanismos de textualização em gêneros do jornal eletrônico

Jaqueline Barreto Lé

 O projeto se insere na perspectiva teórica Linguística Textual, incluindo como um dos seus temas centrais a materialidade discursiva dos gêneros textuais, os quais são, descritos, em sentido bakhtiniano, a partir de três elementos principais: estrutura composicional, conteúdo temático e estilo. Os mecanismos de textualização envolvidos nos gêneros jornalísticos do meio digital são alvo de análise desta pesquisa, sendo estudados com base em aspectos como processos de referenciação, focalização temática e tópicos discursivos, intertextualidade e seus tipos, multimodalidade e (não) linearidade (hiper)textual. 

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Vocabulário Dialetal do Português Popular do Recôncavo Sul da Bahia e do Vale do Jiquiriçá

Lisana Rodrigues Trindade Sampaio

Com o intuito de investigar a realidade sociolinguística e dialetal da língua portuguesa, o projeto, no esteio do que se tem realizado no âmbito das pesquisas dialetológicas sistematizadas desde a década de 1960, quando se publicou o Atlas Prévio dos Falares Baianos, visa registrar lexicograficamente os dados mapeados e analisados a partir das pesquisas empreendidas nas áreas do Recôncavo Sul e Vale do Jiquiriçá.

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

O léxico da língua portuguesa no alvorecer do português moderno: o testemunho da documentação pedagógica do século XVI

Lisana Rodrigues Trindade Sampaio

O projeto, partindo da leitura de edições elaboradas com o devido rigor filológico, visa investigar a documentação remanescente do século XVI de cunho pedagógico, observando o léxico, considerado o nível de análise linguística em que as mudanças socioculturais se evidenciam mais clara e imediatamente, a fim de construir um vocabulário do léxico do ensino do português empregado no século XVI, com base nos pressupostos teórico-metodológicos da Lexicografia histórico-variacional.

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

A "violenta paixão" e as "experiências ferozes" nas cartas entre Mário de Andrade e Murilo Miranda.

Mônica Gomes da Silva 

A "violenta paixão" e as "experiências ferozes" nas cartas entre Mário de Andrade e Murilo Miranda possui caráter prospectivo e de intervenção, ao propor o levantamento, a transcrição, a fixação textual e a análise da troca epistolar entre Mário de Andrade (1893-1945) e Murilo Miranda (1911-1971). Apresenta-se, ademais, a linha de pesquisa As cartas de escritores, interstício da intimidade e da construção histórica, responsável por congregar os estudos relacionados à área de correspondência literária. A discussão teórica recorreu aos estudos de Andrée Rocha (1985), Brigitte Diaz (2016), Geneviève Haroche-Baouzinac (2016), Gérard Genette (2009), Matildes Demetrio (1998), Michel Foucault (2006), Phillippe Lejeune (1998), Roger Chartier (1991), Tzevtan Todorov (2014), Vicent Kaufmann (1990), Walnice Nogueira Galvão e Nádia Battella (2000), construindo a primeira base analítica do projeto.

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Projeto de Pesquisa EJASURDOS: Por uma Educação de Jovens e Adultos Surdos

Poliana da Silva Lima Andrade

 Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Dialogar, tecer e ler as realidades das alfabetizações e letramentos na perspectiva da emancipação humana

Sirlara Donato Assunção Wandenkolk

Alves 

 Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

O romance canudiano contemporâneo: culturas e narrativas sertanejas

Tarcísio Fernandes Cordeiro

A interação entre as díspares perspectivas do vivido, no plano da experiência contemporânea, tem se revelado um desafio na construção das narrativas que estejam envoltas com os episódios históricos. Neste sentido, a presente pesquisa pretende coligir a contribuição das escritas ficcionais contemporâneas relacionadas à guerra de Canudos – conflito bélico de grandes proporções, ocorrido em fins do século XIX nos sertões da Bahia – enquanto um produto cultural de resistência cultural. A indagação central está voltada para a possibilidade da ficção, em contextos de opressão política, atuar como um registro não oficial da história. Para tanto, a investigação fará uso de múltiplas fontes, quer seja da vasta produção acadêmica, em suas distintas vertentes epistemológicas, quer seja pelo universo das artes, em numerosas produções, ou ainda pela literatura popular e sua particular forma de registro. Do diálogo entre o acadêmico, o artístico e o popular, destacam-se as estratégias de resistência através da preservação da memória social que se inscreve nas culturas e narrativas sertanejas. Para tanto, far-se-á uso de estudos comparativos que possam contrastar fontes bibliográficas, obras literárias e textos historiográficos, em paralelo com outras linguagens da cultura oral.

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Ensino de Libras como segunda língua na perspectiva da linguística aplicada

Charles Lary Marques Ferraz

 Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Práticas de linguagem e ensino de língua portuguesa na Educação Básica 

Jakeline Semechechem

Este projeto faz parte das atividades do Grupo de Pesquisa Língua(gem), Letramentos, Diversidade e Formação docente, coordenado pela Professora Doutora Adriana DallaVecchia e vice coordenado pela Professora Doutora Jakeline Semechechem, e enfoca as práticas de linguagem e o ensino de língua portuguesa na Educação Básica, com o objetivo de investigar o processo de ensino e aprendizagem de oralidade, leitura/escuta, produção escrita e multissemiótica, análise linguística/semiótica na Educação Básica. É uma discussão situada no campo epistemológico da Linguística Aplicada, metodologicamente caracterizado como de natureza qualitativo-interpretativista, lançando possibilidade de estudos bibliográficos, documentais e etnográficos, a depender do objetivo específico de cada membro da equipe de pesquisa. A proposta terá vigência de objetivo específico de cada membro da equipe de pesquisa. A proposta terá vigência de dois anos e já conta com três estudantes do curso de Letras Língua Portuguesa/Libras/Língua Inglesa que investigam a temática.

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Fim do conteúdo da página